Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017

Curiosidades - Ravena

Foto: Arquivo

Durante o século V foi a última capital do Império do Ocidente e herdeira da grandeza de Roma, e através dos séculos representou um papel importante na história da Europa. Tornou-se a cidade principal do reino romano-bárbaro do godo Teodorico e em seguida a sede do Exarcado (província do Império Bizantino), depois de ter sido reconquistada pelo Império do Oriente; seus esplêndidos monumentos são testemunhas de seu papel de grande centro político, comercial e artístico no qual se sucederam diversas civilizações. Em particular, o período imperial romano e o período radioso durante o qual Ravena foi o centro do Império do Oriente, na metade do século VI, deixaram na cidade um conjunto extraordinário de basílicas, batistérios e mausoléus, nos quais a harmonia dos elementos de construção clássica se mistura ao fausto e esplendor dos mármores preciosos e das ricas decorações bizantinas feitas de mosaicos. Lado a lado com esses, outros atrativos incluem a herança arquitetural do período de domínio veneziano (Piazza del Popolo e Roca Brancaleone), os esplêndidos claustros da Renascença e a Biblioteca Classense, que data do século XVI. A cidade que inspirou Dante, Boccaccio, Byron e Klimt é cercada pela imensa beleza do seu ambiente natural: uma magnífica floresta de pinheiros no interior e uma praia arenosa que se estende por quilômetros ao longo do Adriático.

Copyright © 2007 • Myrthes Lima • Todos os direitos reservados • Dicas Culturais RioNossaDica