Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017

CABO FRIO

Igreja de São Benedito, na praça do mesmo nome

Igreja de São Benedito, na praça do mesmo nome

Cabo Frio

Descobri Cabo Frio lá pelos meados dos anos 60 e, imediatamente, me apaixonei. Pela paisagem incomparável de uma cidade à beira-mar cortada por um canal, através do qual as traineiras vão e vem, na volta carregadas de peixe e do delicioso camarão local. Era pontilhada de salinas brancas e moinhos de vento e nos meses de verão decorada pelos flamboyants esparramados ostentando sua bela floração, o que ainda acontece e me enche os olhos. Pelas praias maravilhosas, de águas transparentes em tons que vão do azul forte até o verde clarinho - frias é verdade, mas deliciosas, para mim uma benção dos deuses. Pela brisa permanente que, mesmo no auge do verão, refresca as noites. Pelas construções históricas, do séc. XVII, bem preservadas - a Praça de São Benedito com a igrejinha branca no fundo, o Forte de São Mateus na ponta da praia, o Convento de N. Sra. dos Anjos, com a capelinha no alto do morro e a Igreja de N. Sra da Assunção na praça principal, que ostenta um coreto no meio. Pela tranqüilidade que naquela época lá reinava.

Convento de N. Sra. dos Anjos
Convento de N. Sra. dos Anjos

Tivemos algumas temporadas deliciosas em Cabo Frio. Meus filhos, então crianças, depois adolescentes, curtiam como eu e, junto com primos e amigos, muito aproveitaram os dias passados lá. Infelizmente, alguns anos mais tarde, Cabo Frio foi vítima de uma invasão desenfreada de veranistas, pouco preocupados em preservar a beleza e a calma daquele lugar tão paradisíaco, e também de governos displicentes. A cidade se deteriorou e até mesmo as praias foram afetadas. Seus antigos freqüentadores deixaram de lá passar suas férias e fins-de-semana, entristecidos pelo que estava acontecendo. Eu, mesma, com muita pena deixei de ir.

Mas na década de 90 algumas coisas boas aconteceram: a eleição de um prefeito que se dedicou a recuperá-la e a ajuda financeira decorrente do petróleo explorado na região.
Hoje Cabo Frio é uma cidade bem organizada e limpa onde os serviços básicos funcionam. Perdeu a graça e a elegância de outros tempos, mas conservou as praias maravilhosas e o clima ameno. Possui boa infra-estrutura de serviços e compras. Pouco a pouco, ao lado dos restaurantes antigos e tradicionais que sobreviveram às mudanças, estão surgindo outros novos, alguns bem bons, e lugares gostosos para se freqüentar. Acho que é uma cidade onde é possível passar uns dias muito agradáveis, desde que se conheçam os pontos fracos e se tenha boas dicas.

Praia do Peró
Praia do Peró

A grande novidade deste verão é que Cabo Frio agora dispõe de um aeroporto internacional. Que chique!!!
E as estradas, tanto a de acesso à cidade como a que liga Cabo Frio à Búzios, recentemente asfaltada, estão muito boas. Esperemos que se conservem assim...

Copyright © 2007 • Myrthes Lima • Todos os direitos reservados • Dicas Culturais RioNossaDica